segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

Kamen Rider (III)

Hoje é dia de mais três Kamen Riders, começando por um reboot... ou quase.

Kamen Rider
1979


Depois do fracasso de Kamen Rider Amazon e dos problemas financeiros enfrentados pela MBS, Ishinomori teve um pouco de trabalho para garantir uma nova série de seu personagem preferido. A única maneira com a qual conseguiu foi convencendo a MBS de que a nova série seria um reboot, praticamente uma refilmagem da série original de 1971, que havia feito um sucesso gigantesco e sido exibida na concorrente TV Asahi.

A MBS comprou a ideia, mas Ishinomori não cumpriu exatamente o prometido. Sim, o nome da série era somente Kamen Rider, sim, a origem era bastante parecida, sim, os vilões eram praticamente os mesmos. Mas a série não podia ser um reboot nem uma refilmagem, já que não ignorava os eventos de nenhuma das anteriores. Para sorte de Ishinomori, seu novo Kamen Rider foi bastante bem sucedido, o que evitou a ira da MBS e acusações de conduta desonrosa - o que, no Japão, pode ser pior que a morte.

A história do novo Kamen Rider começa com a organização terrorista Neo-Shocker, uma versão reformulada da Shocker do Kamen Rider original, que possui o mesmo objetivo: transformar jovens em ciborgues para dominar o mundo matando dois terços da população humana. Um dos mais respeitados cientistas do Japão, o Dr. Keitaro Shido, é capturado pela Neo-Shocker, que planeja fazer uso de sua experiência no campo da robótica. O jovem Hiroshi Tsukuba, que sobrevoa o local de asa-delta, assiste ao sequestro, e, como castigo por se meter onde não é chamado, todos os seus amigos são mortos, e ele é mortalmente ferido. Vendo na tragédia uma oportunidade de enfrentar a Neo-Shocker, o Dr. Shido convence os vilões a deixá-lo submeter Hiroshi a uma cirurgia, que o transformará em um ciborgue sob o comando da organização. A Neo-Shocker permite, mas o Dr. Shido os engana, transformando Hiroshi em Skyrider, que usará seus poderes para deter os vilões.

Skyrider é o mais poderoso de todos os Kamen Riders até então. Para começar, até hoje ele é o único que tem o poder de voar, fato advindo de sua armadura ser inspirada não no gafanhoto, mas na locusta, aquele gafanhoto que voa devorando tudo pelo caminho, e que em português costuma ser chamado de gafanhoto mesmo. Além da capacidade de voo, Skyrider possui visão e audição superpotentes e um ataque de luz brilhante que cega seus inimigos. Sua motocicleta se chama Sky Turbo, e com ela ele pode executar o ataque especial Rider Break.

Além do Dr. Shido, que não é morto pelos vilões como os cientistas das séries anteriores, os aliados de Skyrider incluem a melhor amiga de Hiroshi, Midori Kano; o fotojornalista Imata Tonda, que está sempre procurando por um furo, mas sempre desmaia quando vê Skyrider lutando contra a Neo-Shocker; o empresário Genjiro Tani, amigo do Dr. Shido e dono de uma cafeteria que transforma em base de operações para Skyrider, e decide ajudá-lo contra a Neo-Shocker por vingança, já que a organização foi a responsável pela morte de sua família; e Kanji Yada, que pode se transformar no androide Gan Gan G, ajudando Skyrider a combater os monstros da Neo-Shocker em alguns episódios.

A Neo-Shocker é uma nova formação da Shocker original, também comandada por um Grande Líder, que não é o mesmo e se parece com um dragão. Como de costume, o Grande Líder é quase figurativo, e quem dá as ordens mesmo é o General Monster, que só dura até o episódio 17: cansado de seus fracassos, o Grande Líder primeiro o transforma no ciborgue Yamorijin, depois o substitui pelo Almirante Majin, que o executa. Majin é o mais forte de todos os membros da Neo-Shocker, mas o único que não é ciborgue. Além dos monstros e dos eventuais cientistas que criam os ciborgues, como o Professor Doc, o Dr. Meteor e Doctor X, a Neo-Shocker conta com os Ari Commandos, os soldados furrecas que apanham de Skyrider, e com os Shiroari Commandos, soldados mais fortes e que normalmente ajudam os cientistas na criação dos ciborgues.

Kamen Rider teve 54 episódios, exibidos entre outubro de 1979 e outubro de 1980. Para não confundi-la com a série original, os fãs passaram a se referenciar a ela como Atarashi Kamen Rider (algo como "o mais recente Kamen Rider"), ou, simpelsmente, Skyrider. Para a Toei, o nome oficial é Kamen Rider, mas, quando alguma diferenciação é necessária, eles usam Kamen Rider Skyrider.

Após o fim da série, em 1980, estrearia nos cinemas mais um filme crossover dos Kamen Riders, Kamen Rider: Eight Riders vs. Galaxy King, no qual o Kamen Rider original, Kamen Rider 2, Kamen Rider V3, Riderman, Kamen Rider X, Kamen Rider Amazon, Kamen Rider Stronger e Skyrider se unem para derrotar o vilão Galaxy King, um ciborgue alienígena.

A MBS apostou alto nessa nova série - e não se arrependeu, já que teve boa audiência do início ao final - produzindo até mesmo um especial de TV, Fumetsu no Kamen Rider Special (o "Especial Kamen Rider Imortal"), que foi ao ar 9 de setembro de 1979, composto de duas partes: a primeira fazia uma recapitulação das séries exibidas até então, e a segunda era um preview da nova série que estrearia no mês seguinte.

Ou seja, Skyrider não foi um reboot, não foi um remake, mas foi bom para todo mundo. Até porque fez com que a MBS se interessasse em bancar mais um Kamen Rider para o ano seguinte.

Kamen Rider Super-1
1980


O jovem Kazuya Oki viaja para os Estados Unidos e se voluntaria para um programa secreto da NASA, que lhe fará uma cirurgia para transformá-lo em ciborgue. Não que a NASA queira dominar o mundo; o intuito é criar um novo tipo de astronauta, capaz de sobreviver no espaço sideral sem a necessidade de uma roupa especial. Kazuya sobrevive à operação, e recebe o codinome de Super-1. Antes que ele possa iniciar seu treinamento, entretanto, a base da NASA é atacada pelo Dogma Kingdom, uma raça de ciborgues da Nebulosa B-26 que pretende dominar a Terra. Todos na base são mortos, exceto Kazuya, que consegue fugir e retornar para o Japão. Lá, ele será treinado pelo Mestre Genkai, um especialista em artes marciais, e poderá usar seus poderes para se transformar no Kamen Rider Super-1, o único capaz de enfrentar os ciborgues do Dogma Kingdom e salvar o planeta.

Além de poder sobreviver no espaço quando transformado, Super-1 possui cinco pares de luvas especiais, que pode trocar a qualquer momento. Por padrão, ele é equipado com as Super Hands, de cor prata, com a qual pode realizar um supersoco. Com as Elek Hands, de cor azul, ele pode absorver eletricidade e disparar um raio elétrico; as Power Hands, de cor vermelha, aumentam sua força, inclusive a do supersoco; as Radar Hands, de cor dourada, possuem um radar embutido, e lançam um projétil que sonda as imediações; finalmente, as Reinetsu Hands, de cor verde, diparam um raio congelante pela mão esquerda e uma labareda pela mão direita. Além das luvas e de seu arsenal de golpes, Super-1 conta com sua motocicleta V-Machine, uma Harley Davidson que pode assumir a forma de V-Jet para voar, e mais tarde ganha melhorias que a transformam na Blue Version, capaz de vencer qualquer terreno.

Além de Mestre Genkai, Super-1 conta com a ajuda de Genjiro Tani, que o acolhe em sua base secreta; do ex-criminoso Masaro Kozuka, codinome Choro; da doce mecânica Harumi Kusanami; de seu irmão criança intrometido, Ryo Kusanami; e dos Junior Riders, uma equipe de crianças que ajuda Super-1 a localizar os ciborgues do Dogma Kingdom.

O Dogma Kingdom é um império extraterrestre que há muito abriu mão de sua humanidade, com todos os seus membros se transformando em ciborgues. Seu líder é o Imperador Terror, um homem muito idoso mas muito forte e ágil, capaz de se transformar no ciborgue Kaiser Crow. O segundo em comando é o General Megiri, que um dia foi um humano da Terra, chamado Masato Okuzawa, mas juntou-se ao Dogma em troca de poder. Megiri é um mestre da espada, monta um cavalo chamado Baraga, e pode se transformar no ciborgue Death Buffalo. Além dos dois e dos monstros, o Dogma Kingdom conta com os Dogma Fighters, os soldados-padrão, e com os Dogma Bodyguards, soldados muito mais fortes que têm a missão de proteger o Imperador Terror.

Mais ou menos na metade da série, Super-1 consegue vencer o Dogma Kingdom, destruindo o General Megiri e o Imperador Terror. Ele, então, descobre que o grupo era apenas uma facção de um império maior, chamado Jin Dogma, que assume seu lugar como antagonistas. O líder do Jin Dogma é o Marechal Demônio, um ciborgue superpoderoso, capaz de assumir uma segunda forma, Satan Snake, e que planeja estender a glória da cibernética a todos os habitantes do universo. Outros membros da organização são o Comandante Onibi, capaz de se transformar em Oninibinba; o excêntrico cientista Doctor Ghost, que se transforma em Gold Ghost; a linda feiticeira Majou Sanbo, que possui uma forma monstruosa chamada Majoringa; e a Princesa Youkai, que se transforma em Satan Doll, e na verdade não está muito interessada nos planos do Jin Dogma, querendo apenas se divertir enquanto luta algumas batalhas; além, é claro, dos Jin Fighters, os soldados-padrão.

Kamen Rider Super-1 teve 48 episódios, exibidos pela MBS entre outubro de 1980 e outubro de 1981, e um filme para o cinema, chamado simplesmente Kamen Rider Super-1, que estreou em março de 1981. No filme, que ainda tem como vilões o Dogma Kingdom, a vila de Yamabiko, que guarda uma fortaleza voadora em segredo, é atacada pelos vilões, que a cobiçam, e cabe a Super-1 proteger seis crianças fugitivas da vila, que conhecem o ponto fraco da fortaleza, e, por isso, se tornam alvos dos Dogma.

Kamen Rider Super-1 é considerada uma boa série, mas teve baixa audiência no início - a mudança dos vilões, portanto, foi uma estratégia para tentar atrair mais público. A audiência até subiu, mas não até níveis satisfatórios. O resultado foi que, depois de seu final, o Cavaleiro Mascarado enfrentaria um novo hiato, que duraria até 1987.

Kamen Rider ZX
1984


ZX foi o primeiro Kamen Rider a não fazer sua estreia em uma série de TV. Após a baixa audiência de Super-1, Ishinomori não conseguiu um parceiro para produzir sua série seguinte, mas não queria desistir do novo Kamen Rider que havia criado. A saída foi publicá-lo em um mangá, entre julho e dezembro de 1982, na revista Television Magazine.

Em agosto do mesmo ano, ZX também seria estrela de uma rádio-novela, transmitida durante uma edição especial do programa All Night Nippon no qual o próprio Ishinomori atuou como apresentador. Após ouvir o programa, o produtor Seiji Abe achou que uma série de ZX era viável, e começou a tentar convencer as emissoras a apostar nela. Não conseguindo, ele passou ao plano B: um filme para a televisão, que marcaria a estreia da décima pessoa a vestir a armadura do Cavaleiro Mascarado.

Assim surgiu Jugo Tanjo! Kamen Raider Zen'in Shugo!! ("O nascimento do décimo! Todos os Kamen Rider juntos!!"), filme produzido pela Toei e exibido na TBS (em Tóquio) e na MBS (no restante do país) em 3 de janeiro de 1984. Além de trazer a estreia na televisão de Kamen Rider ZX, o filme contava com participações especiais dos nove Kamen Riders que vieram antes dele: o Kamen Rider original, Kamen Rider 2, Kamen Rider V3, Riderman, Kamen Rider X, Kamen Rider Amazon, Kamen Rider Stronger, Skyrider e Kamen Rider Super-1.

ZX é Ryo Murasame, um jovem piloto de avião que está sobrevoando a selva amazônica em companhia de sua irmã Shizuka, quando é interceptado por uma nave do Império Badan. O Império mata Shizuka e submete Ryo a uma cirurgia, transformando-o no ciborgue ZX, com o intuito de que ele seja um de seus agentes do mal. Em sua primeira missão, entretanto, ZX sofre um acidente que faz com que Ryo recupere a memória e decida usar seus novos poderes para combater os Badan.

Um ano depois, ZX está tentando impedir os Badan de construir uma nova e poderosa arma, e para isso intercepta um carregamento de um minério raro. Não sabia ele que os Kamen Riders também estavam lutando contra Badan, e que Kamen Rider V3, Riderman e Kamen Rider Super-1 também interceptariam o carregamento. ZX, imaginando que os três eram ciborgues da Badan, os ataca. Eventualmente, os Kamen Riders conseguem convencê-lo de que todos estão do mesmo lado, e, impressionados com seus poderes, decidem convidá-lo para se tornar um deles. Após assistir a um video com as proezas dos nove Kamen Riders anteriores, Ryo, maravilhado, aceita o convite, se tornando Kamen Rider ZX.

ZX possui o corpo mais cibernético de todos os Kamen Riders, com quase nada tendo restado do corpo original de Ryo. Suas habilidades lembram as de um ninja, incluindo armas escondidas como shuirikens e correntes. Como todos os Kamen Riders, ele possui uma motocicleta, chamada Helldiver. Além de V3, Riderman e Super-1, seus principais aliados são o cientista Dr. Hajime Kaido, professor universitário e pesquisador no campo da bioquímica; e a garota Rumi Ichijou, filha de um cientista capturado e morto pelos Badan.

O Império Badan é uma raça de alienígenas que pretende dominar o mundo usando ciborgues. Embora isso não seja dito no filme, fica subentendido que eles davam apoio a todas as organizações criminosas dos sete seriados de Kamen Rider exibidos até então. O líder dos Badan é o Embaixador Darkness, irmão do Embaixador Hell da Shocker e responsável pelo ataque que matou Shizuka e levou à transformação de Ryo em ZX. Após a morte do Embaixador, descobre-se que o verdadeiro líder era o Generalíssimo Badan, uma enorme caveira formada por energia negativa. Ao todo, sem contar ZX, nove dos ciborgues dos Badan também aparecem no filme, incluindo Tiger-Roid, que originalmente era o melhor amigo de Ryo, Eisuke Mikage, que conta com várias armas escondidas pelo corpo, embora a maior delas seja o conflito enfrentado por ZX em ter que lutar contra o amigo.

A audiência do filme de ZX ficou bem abaixo do esperado, o que levou a Toei a considerar que a fórmula do Kamen Rider estava gasta. Esse poderia ter sido o fim do Cavaleiro Mascarado, não fosse a insistência de Ishinomori com seu mais querido personagem. Mas isso fica para o próximo capítulo.

0 enfiaram o nariz:

Postar um comentário