quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

Sentai (XV)

Este é o post de número 350 aqui do átomo. Como eu faço uns 50 posts por ano, isto significa que já se passaram dois anos desde o 250. Isto significa que, nesse meio tempo, dois novos sentai foram exibidos lá no Japão. O que significa que eu já tenho mais dois sentai para incluir em minha série aqui do átomo. O que, por sua vez, significa que eles serão o tema do post de hoje. E isto provavelmnte significa que, lá no post 450, eu vou falar de mais dois. Mas não posso prometer nada.

Engine Sentai Go-Onger
2008



O primeiro sentai de hoje tem o nome mais estranho de todas as séries lançadas até agora. Para começar, engine não é uma palavra japonesa, mas inglesa, e significa "motor". Já go-onger é uma mistura da expressão go on, algo como "vai" em inglês, e ranger, o "patrulheiro", que parece ter se tornado onipresente nos nomes dos sentai. Diante dessa salada, a melhor tradução que eu consegui para o nome da série foi Esquadrão Motorizado dos Patrulheiros Vai, embora eu tenha quase certeza de que não foi bem isso que quem inventou o nome quis dizer. De qualquer forma, é importante salientar que Go-Onger se pronuncia "gouônjer", e não "goônguer".

Quando de seu lançamento, Go-Onger foi meio criticado por ter um enredo considerado infantil demais. Ele envolve uma dimensão paralela à Terra, o Mundo das Máquinas, onde vivem enormes veículos inteligentes com cara de animais chamados Engines. Este mundo está ameaçado há décadas pelos Gaiarc, vilões sem coração que poluem tudo o que encontram. Até aí, nada disso é problema nosso, só passa a ser quando os Gaiarc encontram um portal dimensional que os traz à Terra. Maravilhados - ou enojados - com a exuberante natureza de nosso planeta, os Gaiarc decidem poluir tudo, para deixar a Terra mais ao gosto deles. Três dos Engines, chamados Speedor, Buson e Bear RV, decidem impedir os Gaiarc, e também passam pelo portal.

O problema é que, embora os Gaiarc possam viver normalmente em nosso planeta, os Engines não podem. O máximo que eles podem permanecer em suas formas normais em nossa atmosfera é dez minutos, tempo após o qual ficam exauridos e podem até morrer. Para contornar este problema, os Engines precisam separar seus corpos de suas almas; quando ambos se unem, o Engine passa a existir em nosso mundo com sua forma normal, mas, quando estão separados, os Engines existem como uma versão reduzida e sem poderes.

Mas existe ainda outro problema: uma vez que seus corpos e almas sejam separados, os Engines não os conseguem unir novamente voluntariamente, precisando da ajuda de alguém. Por isso, eles encontram três jovens japoneses com um grande senso de justiça, e lhes confiam seus corpos e almas. Com os poderes das almas dos Engines, estes jovens conseguem se transformar nos Go-Ongers e lutar contra os Gaiarc, unindo as almas e corpos dos Engines quando precisam de sua ajuda.

Como no início só vêm para a Terra três Engines, os Go-Ongers também só são três, Go-On Red, Go-On Blue e Go-On Yellow (a única mulher). Para usar os poderes conferidos pelas almas dos Engines, eles utilizam um Go-Phone, que, uma vez ativado, lhes confere trajes especiais que ampliam sua força, resistência e agilidade, e uma pistola Mantangun, que pode ser usada nos modos revólver e bastão de choque. Cada Go-Onger também tem uma arma personalizada: a espada Road Sabre (Red), a metralhadora Garage Launcher (Blue) e o Racing Bullet (Yellow), um módulo radiocontrolado que dispara bumerangues. Estas três armas podem ser combinadas para formar o Highway Buster, a bazuca usada para destruir os monstros da semana.

Quando libertados pelos Go-Ongers, os Engines têm dez minutos para fazer a diferença, e normalmente usam este tempo para se transformar no robô EngineOh, usado para enfrentar os monstros dos Gaiarc, que, como de costume, possuem o péssimo hábito de ficarem gigantes ao invés de morrer quando destruídos.

Já no segundo episódio, dois jovens descobrem as identidadeas secretas dos Go-Ongers, e os chantageiam para se tornar Go-Ongers também, roubando os corpos dos Engines em versão reduzida. A solução aparece no episódio 3, quando dois novos Engines, Birca e Gunpherd, chegam à Terra. Na verdade, eles deveriam ter passado pelo portal junto com os outros três, mas se perderam no caminho. Birca e Gunpherd confiam suas almas aos dois jovens encrenqueiros, transformando-os em Go-On Green e Go-On Black, e aumentando o número de Go-Ongers para cinco. Ao invés de Go-Phones, Green e Black usam Shift Chargers para se transformar, o que no final das contas faz pouca diferença, já que seus poderes e armas são os mesmos dos outros Go-Ongers. A arma personalizada de Green é o machado Bridge Axe, e a de Black é a pistola laser Cowl Laser; ambas podem se combinar para formar o rifle Junction Rifle, que por sua vez pode se combinar à Highway Buster para formar a Super Highway Buster.

No episódio 7, um novo Engine chega à Terra, Carrygator, que a princípio é confundido com um vilão e atacado pelos Go-Ongers, mas depois se torna seu aliado. Carrygator pode se unir a Birca e Gunpherd para formar o robô GunbirOh, que por sua vez pode se combinar a EngineOh e formar o robô EngineOh G6. Birca e Gunpherd também podem se combinar com EngineOh separadamente (e um de cada vez), alterando suas habilidades.

No episódio 15, o número de Go-Ongers aumenta para sete, com a chegada de Go-On Gold e Go-On Silver (outra mulher, e não qualquer mulher, mas Yumi Sugimoto, a atriz mais bonita do Japão, na minha humilde opinião). Gold e Silver, na verdade, foram levados para o Mundo das Máquinas quando crianças, e treinados exaustivamente para combater os Gaiarc; por causa disso, no início eles não vão muito com a cara dos demais Go-Ongers, considerando-os fracos e indisciplinados. Para se transformar, Gold e Silver usam um Wing Trigger, que lhes confere algumas habilidades diferentes dos demais Go-Ongers, esécialmente a espada Rocket Booster, que conta com seis modos - queimar, congelar, eletrificar, brilhar, laser e turbo - ao invés da Mantangun. Gold e Silver não possuem armas personalizadas, mas cada um pode combinar seus Wing Trigger e Rocket Booster para criar a poderosa arma Wing Booster.

O Engine parceiro de Gold é Toripter, e de Silver é Jetoras; ambos podem se combinar com EngineOh para formar EngineOh Jetripter. No episódio 19, surge um novo Engine, Jumbowhale, que originalmente levou Gold e Silver para o Mundo das Máquinas. Jumbowhale pode se combianr a Toripter e Jetoras para formar o robô SeikuOh, que por sua vez pode se combinar ao EngineOh G6 para formar o EngineOh G9. Juntos, Jumbowhale e Gold também criam o Go-Roader GT, um robô de tamanho humano que se transforma em pneu.

No episódio 32 ainda surgem três novos Engines, Kishamoth, T-Line e K-Line, que vieram para a Terra na Idade da Pedra, e estavam adormecidos desde então. Os três podem se combianr para formar o robô KyoretsuOh, que por sua vezs pode se combinar ao EngineOh G9 para formar o EngineOh G12. Finalmente, no episódio 39 surge o robô Engine Dai-Shogun, formado pela união dos Engines Retsu-Taka, Shishi-no-Shin e Tsuki-no-Wa. Estes três Engines vêm da Dimensão Samurai, e podem se transformar em uma forma humana, na qual podem permanecer em nosso mundo por tempo indefinido. Os três acabam mortos em batalha, mas, no episódio 40, Speedor, Buson e Bear RV fundem suas almas às deles, ganhando novos poderes.

Os vilões da série são os Gaiarc, que, após poluir o Mundo das Máquinas, pretendem fazer o mesmo com a Terra. Para isso, eles montam um castelo em uma ilha deserta, de onde mandam monstros poluidores que devem ser enfrentados pelos Go-Ongers. Os Gaiarc mesmo só são três - Yogostein, que cuida da poulição do solo; Kitaneidas, que cuida da poluição do ar; e Kegalesia, que cuida da poulição das águas (e, por alguma razão, tem a aparência de uma mulher humana) - mas eles contam com inúmeros soldados, subordinados e aliados à sua causa poluidora, sendo o mais recorrente Hiramechimedes, o braço-direito de Yogostein.

Ao todo, Go-Onger teve 50 episódios e dois filmes para o cinema, um que põe os Go-Ongers para lutar ao lado dos Engines da Dimensão Samurai, e um que os põe para lutar ao lado dos Geki Rangers, além de um episódio especial lançado direto em DVD, com forte apelo ecológico. Como de costume, os direitos da série foram comprados pela Disney, que usou suas cenas para fazer Power Rangers: RPM, a última e derradeira temporada dos Power Rangers, que foram cancelados ao seu final.

Samurai Sentai Shinkenger
2009



O mais recente sentai é o Esquadrão Samurai Shinkenger, sendo que "shinkenger" é uma mistura das palavras shinken - palavra japonesa usada para designar espadas afiadas e próprias para o combate, em oposição às cegas e usadas em treinamentos - e ranger. Ao todo, a série teve 49 episódios, um especial em DVD e dois filmes, sendo que no segundo eles lutam ao lado dos Go-Ongers.

Durante 18 gerações, os samurai do Clã Shiba protegeram a Terra contra as invasões dos Gedoushu, espíritos malignos de outra dimensão, onde corre o Rio Sanzu, formado pelas almas dos humanos mortos de forma violenta. Capazes de entrar em nosso mundo por falhas dimensionais que aparecem de vem em quando em espaços apertados, os Gedoushu planejam inundar nosso mundo com as águas do Sanzu, misturando o mundo dos vivos e o dos mortos, e permitindo que eles reinem sobre tudo. Graças ao Clã Shiba, porém, eles foram selados em sua dimensão, incapazes de retornar durante todo este tempo.

Em nossa época, entretanto, graças ao aumento da violência, os Gedoushu conseguiram romper o selo, e decidiram fazer sua mais potente investida. Cabe ao atual líder do Clã Shiba, um rapaz ainda jovem, mas treinado desde criança para sua missão, reunir quatro guerreiros conhecidos como Kashin, e liderá-los em sua luta contra os Gedoushu.

Evidentemente, este rapaz descendente do Clã Shiba é o líder dos Shinkengers, Shinken Red. Utilizando a técnica mística ancestral conhecida como Modikara, ele e os demais Kashin podem se transformar nos Shinkengers, adquirindo grande força, agilidade, resistência, acesso a armas mágicas e aos poderosos Origami, feras místicas de aparência mecânica, imbuídas dos espíritos dos Shikigami. O problema é que, sendo um jovem descendente de um clã feudal ancestral treinado desde criança para salvar o mundo, Red é às vezes um tanto pedante e orgulhoso, o que torna seu relacionamento com os demais Shinkengers, Shinken Blue, Shinken Green, Shinken Yellow e Shinken Pink (estas duas últimas, mulheres), um tanto complicado, principalmente porque Green não tem nenhum interesse em ser um Kashin, e Pink originalmente não deveria ser uma, tendo tomado o lugar de sua irmã mais velha, gravemente doente.

Diferenças à parte, graças ao Modikara, os Shinkengers têm à sua disposição um vasto arsenal, que inclui seus uniformes personalizados e a poderosa espada Shinkenmaru. Cada Shinkenger conta ainda com uma arma personalizada: Red tem a espada Daizanto, que pode ser usada nos modos Rekka (espada) ou Ozutsu (arma de fogo); Blue tem o arco Water Arrow, Green conta com a lança Wood Spear, Yellow usa um shuriken gigante chamado Land Slicer, e Pink é mestra no uso do leque de combate Heaven Fan. Os Shinkengers contam ainda com os Secret Disks, discos místicos que, acoplados às suas armas, permitem que eles usem novas e poderosas técnicas.

Os principais aliados dos Shinkengers são os Origami, feras místicas ancestrais aliadas do Clã Shiba. Em sua forma de repouso, um Origami lembra um Secret Disk, mas, quando evocado, ele se transforma em um animal mecânico gigantesco. A princípio, os Origami são cinco: o leão Shishi Origami, o dragão Ryu Origami, o urso Kuma Origami, o macaco Saru Origami e a tartaruga Kame Origami; unidos, eles formam o robô Shinken-Oh, usado para combater os monstros gigantes dos Gedoushu.

Ao longo da série, os Shinkenger vão descobrindo novos Origami, como o besouro Kabuto Origami, o peixe-espada Kajiki Origami e o tigre Tora Origami. Estes três podem se combinar para formar a nave Dai Tenku, que, combinada à lula Ika Origami, forma a bazuca Ika Tenku, e combinada a Shinken-Oh forma o robô TenkuShinken-Oh. Kabuto, Kajiki, Tora e Ika também podem se combinar, um de cada vez, a Shinken-Oh, conferindo a ele novos poderes e habilidades. Mais tarde, surgem também o dinossauro Kyoryu Origami, que pode se transformar em uma espada para Shinken-Oh, e o touro Ushi Origami, que se transforma no robô MougyudaiOh. Com a ajuda de MougyudaiOh, todos os Origami podem se combinar e formar o super robô SamuraihaOh.

No episódio 17 também surge um novo Shinkenger, Shinken Gold, na verdade um amigo de infância de Red. Gold tem como arma personalizada a espada Sakanamaru, e seu Origami é a lagosta Ebi Origami, que pode se transformar no robô DaikaiOh. DaikaiOh tem três modos de batalha diferentes, pode se combinar com Ika Origami para um quarto modo, ou com Shinken-Oh para formar o robô DaikaiShinken-Oh. Gold também aumentou o arsenal dos Shinkengers ao criar o robô Daigoyou, que se transforma em uma lanterna, e ao aperfeiçoar os artefatos conhecidos como Inromaru, que permitem que os Shinkengers se transformem em Super Shinkengers, ganhando novos poderes.

No episódio 44 também surge um novo Shinkenger. Na verdade, quem surge é uma nova Shinken Red, a verdadeira líder do Clã Shiba, pois só ela possui o poder para selar os Gedoushu de vez em sua dimensão. Como os Gedoushu poderiam querer matá-la por causa disso, ela permaneceu escondida, com os Shinkengers lutando em seu lugar até o momento propício. A princípio, esta segunda Shinken Red substitui o Red original na liderança da equipe, mas, para derrotar os Gedoushu de vez, todos têm de trabalhar juntos.

Os Gedoushu são monstros interdimensionais, liderados pelo demônio Doukoku, auxiliado por Dayu, que um dia foi humana, por Shitari, seu principal estrategista, e pelo general Akumaro. No episódio 7, surge também Juuzo Fuwa, um guerreiro misterioso capaz de alternar entre as formas humana e Gedoushu, obcecado por destruir Shinken Red. Para conduzir seus ataques, os Gedoushu utilizam os soldados Nanashi, os monstros genéricos Sakamata, e os Ayakashi, os monstros da semana. Seu objetivo é matar a maior quantidade de humanos possível, para que o Rio Sanzu transborde e invada nosso mundo.

0 enfiaram o nariz:

Postar um comentário