domingo, 31 de julho de 2005

Sentai (XI)

E vamos a mais um post sobre Sentai, com duas boas séries!

Kyukyu Sentai Go Go V
1999



A palavra Go, em japonês, tem muitos significados, sendo o mais comum deles o número cinco. Nenhum dos outros significados se encaixa no nome deste Sentai, o que me leva a crer que ele realmente se chama Esquadrão Resgate Cinco Cinco Cinco. Pior ainda, Kyu significa nove, o que poderia fazer com que o nome se tornasse Esquadrão 99555, apenas com um pequeno erro de digitação.

Brincadeiras à parte, a história é a seguinte: O maligno Clã Saima, procurando por sua matriarca Grandienne, planeja invadir a Terra no momento de um grande alinhamento planetário. Em 1989, o Dr. Tatsumi Mondo descobre sobre esta invasão, mas ninguém da comunidade científica o leva a sério. Assim, ele se retira para uma base secreta, onde trabalhará em armas e armaduras supersofisticadas. Em 1999, ocorre a invasão. O Dr. Tatsumi então retorna, e reúne seus cinco filhos, que o julgavam morto. Dando a eles as tais armas e armaduras que desenvolveu, ele os transforma nos Go Go Five, se tornando, além de seu pai, seu comandante. Para ajudá-los, os irmãos tinham dois robôs humanóides, Big Douser, um robô-bombeiro, e Mint, um faz-tudo.

Cada "Go Go Five" está armado com um Fivelaser, que possui dois modos, pistola e bastão; um V-Lancer, com três modos, lança, metralhadora e bumerangue; e um Goblaster, também com três modos, laser, fóton e extintor de incêndio. Além disso, cada um tem um V-Bracer, que, quando ativado, amplifica sua força e a força de suas armas. Go Go V foi o primeiro Sentai a ter "armas coletivas", ou seja, que podiam ser usadas por qualquer um, sem dono. Eram o Claw Anchor (que disparava ganchos para escalar paredes), Wing Spreader (tesoura), Build Discharger (extintor de incêndio), Beak Driller (broca) e Tail Injector (uma espécie de spray curativo). Estas cinco armas juntas formavam o Lifebird, que podia se transformar no Calamity Breaker, a bazuca do grupo. Cada Go Go V tinha uma profissão ligada a resgate e salvamento: Go Red era bombeiro, Go Blue projetista de equipamentos de resgate, Go Green piloto de helicóptero, Go Yellow policial e Go Pink, a única mulher, enfermeira.

O robô dos Go Go V era o Victory Robo, formado por cinco veículos conhecidos como 99Machines (assim mesmo, tudo junto): Red Ladder (caminhão de bombeiro), Blue Thrower (camburão), Green Hover (hovercraft), Yellow Armour (blindado) e Pink Aider (ambulância). Uma coisa curiosa sobre esse robô é que ele podia funcionar só com as pernas, esguichando água. Pois é. Bem, seja como for, eles não iriam ficar com um robô só, então veio o Grand Liner, formado por cinco trens (bem, na verdade, só as locomotivas), os Go Liners. O terceiro robô foi o Linerboy, que podia se transformar no ônibus espacial Max Shuttle, e se combinar com o Victory Robo para formar o Max Liner. Finalmente, quando um asteróide gigante se aproximava para destruir a Terra, os Go Go V ganharam as Mars Machines, cinco naves espaciais que podiam se combinar para formar a nave Beetle Mars ou o robô Victory Mars. Nos últimos episódios ainda apareceu o robô Sigma Project, uma versão preta do Victory Robo.

Os Go Go V foram criados para impedir os planos do Clã Saima, liderado pela matriarca Grandienne. Seu comandante supremo é o Rei Negro Zylpheeza, auxiliado pelo Barão Bestial Kobolda e pela Princesa Maligna Venus. Estes três são irmãos, e filhos de Grandienne. Mais tarde, se une a eles um quarto irmão, o Príncipe Salamandes. Completam a família do mal o feiticeiro Pierre, que cria os monstros e os transforma em gigantes, e Chaos, que tem a habilidade de controlar a alma de monstros já mortos.

Um fato curioso sobre Go Go V é que ele é o terceiro Sentai ambientado em 1999, depois de Jetman e Oh Ranger (só que, desta vez, 1999 é a "época atual"). Go Go V teve 50 episódios e dois filmes para o cinema, sendo que um deles era um crossover com Gingaman. A Saban utilizou esta série para fazer seu Power Rangers: O Resgate. Curiosamente, este seriado incluiu um sexto integrante, o Tatanium Ranger, de uniforme prateado, que não existe em Go Go V, e teve seu uniforme inspirado no dos Turbo Rangers.

Mirai Sentai Time Ranger
2000



E assim chegamos ao Esquadrão do Futuro Time Ranger (time, para aqueles que não sabem inglês, significa tempo), o primeiro Sentai a começar no futuro ao invés de no passado. Time Ranger teve 51 episódios, um filme para o cinema (que era um crossover com Go Go V), e foi utilizado pela Saban para fazer seu Power Rangers Força do Tempo. Time Rangers também foi o primeiro (e até agora, único) Sentai a ter sua música de abertura cantada por uma mulher.

Tudo começa no ano 3000, depois que a humanidade já descobriu as viagens no tempo. Tais viagens, porém, são rigorosamente controladas, e apenas utilizadas para fins educativos. Um monstro de nome Don Dorunero, líder de uma família mafiosa, é condenado por inúmeros usos criminosos da viagem no tempo. No dia de sua execução, porém, seus aliados o libertam e fogem com ele para o ano 2000. Cinco patrulheiros da Agência de Proteção do Tempo os seguem, mas um dos integrantes deste esquadrão na verdade havia sido seqüestrado pelos criminsos e substituído por Lila, aliada de Don Dorunero capaz de mudar de forma. Lila quase consegue matar os outros quatro jovens, mas eles são ajudados por um rapaz do presente, e conseguem derrotá-la. Os quatro jovens do futuro decidem então fazer do jovem do presente um dos seus, dando a ele um de seus Chrono Changers, aparelho capaz de conferir poderes sobre-humanos ao seu usuário, transformando-o em um Time Ranger. Juntos, os cinco Time Rangers têm a missão de prender os monstros mafiosos e levá-los de volta para o futuro.

Ao ativar seu Chrono Changer, micro partículas temporais desenvolvidas pela polícia do futuro cobrem o corpo do Time Ranger, atuando como uma armadura, e permitindo que o Time Ranger se mova mais veloz ou mais lentamente que o tempo à sua volta. Cada Time Ranger está equipado com um par de Espadas Vector (que se parecem com os ponteiros de um relógio...) e uma insígnia especial para encolher e aprisionar os monstros renegados e levá-los para o futuro. Os cinco contam ainda com uma bazuca, a Vortech Bazooka, formada por cinco canhões portáteis individuais. Os Time Rangers ainda podem se comunicar com a Agência no futuro, onde recebem ordens do Capitão Temporal Ryuuya. Além disso, eles contam com a ajuda de Takku, um robô-coruja que os acompanha e aconselha. Os cinco Time Rangers seguem o padrão colorido de um Sentai normal: Time Red, Time Green, Time Blue, Time Yellow e Time Pink. Pink é a única mulher, e também a líder da equipe, já que Time Red é inexperiente e não sabe operar os equipamentos direito.

Por incrível que pareça, os robôs dos Time Rangers conseguem ser originais. Cada Time Ranger tem uma nave, um Time Jet. Os Time Jets são enviados do futuro, arremessados por um enorme robô chamado Providus, sempre que os Time Rangers precisam deles, e retornam logo depois. A originalidade está no fato de que os mesmos Time Jets podem se combinar de três formas diferentes, formando os robôs Time Robo Alpha (mais forte porém mais lento), Time Robo Beta (mais rápido porém mais fraco) ou o jato Time Jet Gamma. Além disso, no futuro existe uma força policial, a Polícia Intermunicipal, que pode mandar um outro robô, em segredo, para os Time Rangers em momentos de aperto, o Time Shadow, capaz de se transformar em um jato stealth. O Time Shadow pode se combinar com o Time Robo Alpha para formar o Shadow Alpha, e com o Time Robo Beta para formar o Shadow Beta. Finalmente, existe o V-Rex, um robô capaz de se transformar em um tiranossauro mecânico, que foi usado experimentalmente no futuro, se perdeu no tempo e agora apareceu enlouquecido e destruindo tudo no ano 2000. Infelizmente, nenhum Time Ranger consegue controlá-lo.

O pai de Time Red é um mega empresário, e além de providenciar todo o dinheiro de que o grupo precise, ainda decide criar uma polícia especial para auxiliar os Time Rangers, os Guardiães Metropolitanos, que eventualmente se tornarão a Polícia Intermunicipal. Um dos agentes desta equipe é um antigo rival de Time Red. Um dia, durante uma missão, este rapaz encontra um Chrono Changer diferente, capaz de controlar o até então incontrolável V-Rex, e se transforma no Time Fire, o sexto integrante da equipe. Time Fire também tem o uniforme vermelho, mas com detalhes em preto ao invés de em branco como Time Red. Além de conseguir controlar o V-Rex, Time Fire também tem seu próprio canhão portátil, que pode se transformar em espada.

Os criminosos alvos dos Time Rangers são a Família Londarz, uma família de monstros mafiosos liderados por Don Dorunero, que fugiu do futuro levando a prisão inteira com ele. Os monstros da semana são os antigos prisioneiros, cada um com um "adesivo de contenção" que, removido, faz com eue eles fiquem gigantes. A missão dos Time Rangers é capturar todos eles, encolhendo-os e mandando-os para o futuro. Don Dorunero é auxiliado por Gien, um cientista robô que uma vez foi humano, e secretamente planeja depô-lo para comandar seus negócios; e por Lila, uma mulher capaz de assumir qualquer aparência. No final, Gien consegue o controle de G-Zord, outro robô-dinossauro experimental perdido pela polícia (eles deviam tomar mais cuidado com essas coisas...), fazendo com que os vilões também tenham seu próprio robô gigante, pelo menos por alguns capítulos.

0 enfiaram o nariz:

Postar um comentário