domingo, 10 de julho de 2005

Sentai (X)

Hoje teremos mais um post dos Sentai. Sem mais delongas, vamos a ele.

Denjin Sentai Mega Ranger
1997



Hoje começaremos pelo Esquadrão Eletromagnético Mega Ranger, mais uma que figura entre os melhores Sentai. Teve 51 episódios e um filme para o cinema, que era um crossover com Car Ranger. A Saban utilizou esta série para fazer seu Power Rangers no Espaço, na minha opinião a melhor série dos Power Rangers até agora.

Tudo começa quando a organização científica internacional INET (International Network of Excel-Science and Technology, "Rede Internacional de Excelência em Ciências e Tecnologia") descobre que alienígenas da Dimensão Destorcida estariam tentando invadir a Terra. Para recrutar possíveis soldados contra esta invasão, eles criam o videogame Megaranger (claro, existe melhor forma de treinar alguém do que jogando videogame?). Um ataque prematuro dos Nejirejia, os tais alienígenas da Dimensão Distorcida, porém, leva o Professor Kubota Eikichi a ter que distribuir seus Digitizers não aos melhores jogadores de Megaranger, mas ao atual campeão e seus quatro melhores amigos. Com os Digitizers, eles terão acesso a armas e armaduras de última geração, podendo combater os Nejirejia de igual para igual, e se tornando os Mega Rangers!

Os cinco Mega Rangers seguem o padrão colorido de sempre: Mega Red, Mega Black, Mega Blue, Mega Yellow e Mega Pink (estas duas últimas, mulheres). Cada um possui uma arma personalizada (broca, bastão, machado, pistola e arma de raios, respectivamente). As armas unidas formam o Multi Attack Rifle, a bazuca do grupo. Cada Mega Ranger possui ainda um "símbolo", um aparelho eletrônico relacionado à sua armadura que lhe confere algum poder especial. O de Red é um computador, que lhe permite aprender rapidamente qualquer técnica; Black tem um satélite, que permite análise de terrenos e transmissões rapidamente; o de Blue é a TV digital, que projeta hologramas para confundir os inimigos; Yellow conta com a câmera digital, que proporciona visão telescópica; e o símbolo de Pink é o telefone celular, que analisa sons e faz buscas na rede telefônica. Cada Mega Ranger ainda conta com um Mega Sniper (uma pistola de raios) e um Cyber Slider, uma espécie de prancha de surf voadora capaz de viajar no espaço sideral. O grupo também tem um tanque de resgate, o Digitank.

Lá pelo meio da série os Mega Rangers ganham um sexto integrante, Mega Silver, um dos cientistas da INET, usando uma armadura experimental. Inicialmente, esta armadura tinha um tempo limite de 2 minutos e meio, mas após algumas modificações esta desvantagem foi suprimida. A arma personalizada de Mega Silver é uma espada, e seu símbolo é o microchip, que aumenta sua força e resistência. Sua Cyber Slider pode se transformar em uma motocicleta.

Como todos os Sentai da época, Mega Ranger tem um verdadeiro batalhão de robôs. O primeiro foi o Galaxy Mega, formado pela união da pequena nave Mega Shuttle com a Mega Ship, que nada mais era que a base orbital dos Mega Rangers. Mais tarde, Mega Red ganhou um robô remotamente controlado, Delta Mega, que podia se transformar em nave espacial. Delta Mega podia se unir a Galaxy Mega para formar o Super Galaxy Mega. Eventualmente, os Nejirejia destruíram Galaxy Mega, e a INET criou para os Mega Rangers um novo robô, Mega Voyager, formado por cinco veículos: Rovoyager-1 (que já era um robô por si só), Shuttle Voyager-2 (ônibus espacial), Rocket Voyager-3 (foguete), Saucer Voyager-4 (disco voador) e Tank Voyager-5 (módulo lunar). Para terminar, havia o robô Mega Winger, capaz de se transformar em jato, pilotado por Mega Silver.

Os vilões da vez eram os Nejirejia, habitantes da Dimensão Distorcida, que planejavam invadir e conquistar a Terra. A nave dos Nejirejia, Death Nejiro, também podia se transformar em robô, o Gran Nejireosu. O líder dos Nejirejia era Javious, o Primeiro, um olho gigante em uma tela. Seu comandante e criador de monstros era o Dr. Hinelar, um antigo cientista da INET que pesquisava outras dimensões e acabou sugado para a Dimensão Distorcida, onde enlouqueceu e planejou o ataque à Terra. A segunda em comando era Shibolena, uma mulher de cabelo azul. Mas os dois vilões mais notáveis eram Yugande, que parecia um robô preto e verde, podia assumir uma forma gigante, e teve de ser destruído quatro vezes, pois sempre retornava mais poderoso; e Guirail, ser praticamente invencível que ainda tinha a capacidade de se unir a Yugande formando um ser híbrido. Para completar a turma dos vilões, havia Bididebi, um bichinho irritante que mordia os monstros e os infectava com um vírus que os deixava gigantes.

Mega Ranger também teve um Sentai do mal, o Jaden Sentai Neji Ranger ("Esquadrão do Mal Elétrico Neji Ranger", Neji de Nejirejia), criado pelo Dr. Hinelar com células de Javious. Cada Neji Ranger era uma duplicata malvada do Mega Ranger correspondente (e, portanto, eles tinham as mesmas cores: Neji Red, Neji Black, Neji Blue, Neji Yellow e Neji Pink), com o único propósito na vida de destruir sua contraparte boazinha. Mega Silver não tinha uma contraparte, mas em um episódio se disfarçou de Neji Silver para enganar os Neji Rangers. Eventualmente, frustrados por não conseguir vencer seus inimigos, os Neji Rangers se transformaram em monstros gigantes, e foram destruídos.

Seijyu Sentai Gingaman
1998



O próximo Sentai foi o Esquadrão de Feras Estelares dos Homens Galácticos. Pois é, se Gingaman já era um nome engraçado, a tradução é ainda pior. Gingaman (se pronuncia "guingaman") teve 50 episódios e um filme para o cinema, que - adivinhem - era um crossover com Mega Ranger.

Há 3000 anos, os Piratas Espaciais de Balban invadiram a Terra. Para enfrentá-los, foram escolhidos cinco jovens, todos com um alto nível de Energia Terrestre. Cada jovem recebeu uma Espada das Feras Estelares, e os cinco se tornaram os Gingamen. Os Gingamen derrotaram Balban, selando-os no fundo do oceano. Para que a Terra estivesse sempre protegida, eles passaram as Espadas de geração em geração, para que cada geração tivesse um esquadrão de Gingamen para protegê-la. Na época atual, durante o ritual da passagem da Espada para a 133a geração de Gingamen, um terremoto libertou os Balban. Agora, os cinco jovens que receberam as Espadas terão de se tornar os novos Gingamen, e lutar para defender a Terra.

Cada Gingaman conta com uma Ginga Armadura, capaz de resistir a mil graus de temperatura, e que aumenta a força do usuário em dez vezes. Cada um ainda tem uma Espada da Fera Estelar, um bastão que pode ser usado como bazuca, e uma arma personalizada, chamada de Machine Blade. As cinco Machine Blades juntas formam o Violent Machine Blade Ring Blast, o ataque de destruir os monstros. Cada Gingaman é protegido por uma Fera Estelar. Os Gingamen, suas armas personalizadas e Feras Estelares são Ginga Red (espada, leão), Ginga Green (pistola, dragão), Ginga Blue (garra, gorila), Ginga Yellow (adagas, lobo) e Ginga Pink (arco-e-flechas, gato). Ginga Pink é a única mulher. Cada Gingaman tem ainda um cavalo (é, um cavalo mesmo, de verdade), e cada cavalo tem um nome: Red Spark, Green Wind, Blue Horizon, Yellow Thunder e Pink Flower. Ginga Red ainda tem uma motocicleta, mas os demais não.

Os aliados dos Gingamen são Oogi, um ancião feiticeiro com a incumbência de passar as Espadas de geração em geração; Bokku, uma fadinha da floresta; e Moku, uma árvore falante. No meio da série surge Bull Black, um guerreiro do planeta Taurus, que foi destruído por Baldan. Bull Black vem à Terra em busca de vingança, mas acaba se sacrificando para destruir um dos monstros de Balban, e dando seu poder ao irmão de Ginga Red, que passa a ser o novo Bull Black. Bull Black é armado com uma espada que pode ser usada como rifle, e sua Fera Estelar é um touro.

O primeiro robô dos Gingamen foi Gingaioh, formado pela união dos cinco avatares das Feras Estelares, Gingaleon, Gingalcon, Gingarila, Gingaverick e Gingato. A Fera Estelar de Bull Black, Gotaurus, tinha a habilidade de transformar o próprio Bull Black em gigante, e os dois combinados formavam o robô Bulltaurus. Mais para o meio da série, os Gingaman tiveram acesso às três Feras Estelares Metálicas, Ginga Phoenix (capaz de se transformar em robô, composta por cinco jatos Ginga Wing), Ginga Rhino (também capaz de se transformar em robô, composto pelos cinco tanques Ginga Wheeler) e Ginga Bittus (uma baleia, também capaz de se transformar em robô).

Os vilões são os Piratas Espaciais Balban, liderados pelo Capitão Zahab. Seus principais soldados eram a mulher Shelinda e o Príncipe Biznella, que ressucitou as três Feras Estelares Metálicas para usá-las para o mal sem sucesso (elas acabaram se bandeando para o lado dos Gingaman). Os monstros da semana ficam gigantes bebendo uma fórmula especial. O objetivo dos Balban é reviver Ditanix, um imenso dinossauro que destruirá a Terra.

A Saban utilizou Gingaman para fazer seu Power Rangers na Galáxia Perdida. Um fato curioso é que esta série dos Power Rangers foi dublada em japonês e exibida no Japão em 1999 por uma concorrente da Toei! Eu, hein...

0 enfiaram o nariz:

Postar um comentário