segunda-feira, 11 de abril de 2011

Mario Golf

Hoje é dia do segundo post sobre os jogos esportivos do Mario, o mascote da Nintendo. Conforme o combinado, hoje veremos a série Mario Golf!

Mario Golf (N64)Assim como sua carreira no tênis, Mario começou sua carreira no golfe não no famoso Mario Golf, mas em um jogo genérico chamado simplesmente Golf, lançado pela Nintendo para o NES em 1984. Diferentemente do que ocorria em Tennis, entretanto, em Golf Mario não era o árbitro, mas o golfista. Quer dizer, o golfista era um homem barrigudo e bigodudo de boné, que, mesmo sem vestir o uniforme oficial de Mario, todo mundo dizia que era o Mario, tanto que a própria Nintendo acabou assumindo que era mesmo, embora originalmente ele fosse um jogador genérico chamado Ossan - palavra que significa "homem adulto" em japonês, ou seja, até mesmo o nome do coitado era genérico.

Golf trazia ambas as modalidades do esporte, sendo que o stroke play estava disponível para um ou dois jogadores, mas o match play só estava disponível para dois - em outras palavras, não havia oponentes controlados pelo computador; no modo para um jogador você jogava sozinho, tentando fazer a menor pontuação possível (sim, a menor, pois no golfe ganha quem faz menos pontos). Seja qual fosse a modalidade escolhida, o jogo consistia de 18 buracos, cada um com características diferentes no percurso, incluindo areia e água. Os controles são bem simples: O lado direito da tela mostra o percurso até o buraco, enquanto o lado esquerdo mostra informações do jogo e uma barra de potência/precisão da tacada. Cabe ao jogador escolher o taco mais adequado à jogada e dosar a potência e a precisão para que a bola, após a tacada, vá parar o mais próximo possível do buraco, ou, de preferência, dentro dele. Golf, inclusive, foi o primeiro jogo de golfe para videogames a trazer essa barra de potência/precisão, que seria utilizada em praticamente todos os jogos de golfe produzidos desde então.

Golf fez tanto sucesso no Japão que ganhou três versões extras para o Famicom Disk System, um acessório que permitia ao NES japonês (chamado Famicom) ler jogos gravados em disquetes. A primeira delas, chamada Golf (Japan Course) foi lançada em fevereiro de 1987, trazia 18 novos buracos, gráficos aprimorados, Mario em seu uniforme tradicional e a possibilidade de se escolher entre três velocidades de tacada diferentes antes de bater na bola. Golf (Japan Course) também permitia que os jogadores enviassem seus recordes à Nintendo, através de máquinas especiais chamadas Disk Fax, espalhadas por lojas de games de todo o Japão; esses recordes participariam, então, de um concurso, cujos vencedores ganhariam uma nova versão do jogo, com 18 buracos novos, bem mais difícil que a original. Como essa versão vinha gravada em um disquete dourado (jogos do Famicon Disk System vinham em disquetes laranja, exceto os que podiam ser usados com a Disk Fax, que eram de cor azul), ela ficou conhecida como Golf (Japan Course) Gold Edition.

A terceira versão extra, conhecida como Golf (US Course), seria lançada em junho de 1987, com mais 18 buracos novos e uma importante inovação gráfica: o mapa do caminho até o buraco ocupava toda a tela, com as informações de jogo sendo mostradas no canto esquerdo; após a tacada, porém, a visão passava para de trás do jogador (Mario), acompanhando a bola em seu percurso até o buraco. Alguns colecionadores hoje possuem uma quarta versão extra do jogo, a Golf (US Course) Gold Edition, que também vem em um disquete dourado e possui 18 buracos diferentes e mais difíceis que as do Golf (US Course) original; essa versão, porém, jamais foi oficialmente lançada pela Nintendo, e nem se sabe se algum dia seria, até porque o Golf (US Course) original não podia ser utilizado com a Disk Fax.

Antes de encerrar sua carreira, Golf ganharia uma versão, com o mesmo nome, lançada para o Game Boy em 1989. Apesar de a forma de se jogar ser a mesma da versão NES, a versão Game Boy tinha música de fundo, trazia um Mario em versão Super Deformed - pequenininho e cabeçudo - e a possibilidade de se escolher, no início do jogo, entre dois campos, o Japan Course e o US Course, cada um com 18 buracos diferentes - e diferentes de todas as versões do NES.

Mesmo com essas versões todas, Golf não seria o único jogo de golfe com Mario lançado para o NES, já que, em 1991, a Nintendo lançaria mais dois: Mario's Open Golf, exclusivamente para o mercado japonês, e NES Open Tournament Golf, para o resto do planeta. Como ambos possuem os mesmos gráficos e a mesma forma de se jogar, muita gente pensa que se trata do mesmo jogo, apenas com o nome diferente (como acontece, por exemplo, com Rockman e Megaman, ou com Resident Evil e Biohazard); Mario's Open Golf, entretanto, possui muito mais opções de jogo do que NES Open Tournament Golf, sendo, inclusive, bem mais difícil. As modificações foram feitas porque, assim como ocorreu com o Super Mario Bros. 2 original, a Nintendo of America acreditaria que o jogo seria difícil demais para conquistar os jogadores norte-americanos, e decidiu torná-lo mais fácil. O mais curioso dessa história, porém, é que NES Open Tournament Golf seria oficialmente lançado primeiro - 20 dias antes de Mario's Open Golf.

Em ambos os jogos, o primeiro jogador controlará Mario, enquanto o segundo controlará Luigi - e agora são Mario e Luigi mesmo, oficialmente. Um fato curioso é que o caddy - a pessoa que carrega os tacos - de Mario é a Princesa, e o de Luigi é Daisy, que, inclusive, dão dicas para os buracos ao longo do jogo. Donkey Kong e Toad também fazem participações especiais, aparecendo em algumas telas do jogo. A cada buraco, primeiro é mostrado o caminho do jogador até o buraco em um mapa, que ocupa toda a tela; após definida a direção da tacada, a tela passa a mostrar o jogador efetuando-a, e, após a tacada, a bola é acompanhada em seu percurso até o buraco, como em Golf (US Course), mas com gráficos aprimorados. Desta vez é possível jogar tanto no stroke play quanto no match play para um ou dois jogadores, sendo que, se você escolher match play para um jogador, o oponente será controlado pelo computador.

O modo stroke play de Mario's Open Golf tem seis torneios diferentes. Você começa, obrigatoriamente, jogando o Japan Couse. Conseguindo uma pontuação abaixo de 18, você libera o Australia Course. Uma pontuação abaixo de 12 no Australia Course libera o France Course, no qual uma pontuação abaixo de 8 libera o Hawaii Course. Com uma pontuação abaixo de 4 no Hawaii Course você libera o UK Course, e, com uma pontuação abaixo de 2 no UK Course, vence o jogo e libera o Extra Course, que consiste em buracos misturados de todos os cinco torneios anteriores. Cada torneio é composto de 18 buracos. Já no modo match play, você pode escolher jogar em qualquer torneio que já tenha liberado, contra um amigo ou contra o computador. Caso decida jogar contra o computador, poderá escolher entre três oponentes, Luigi, Tony e Billy, cada um com graus diferentes de força, precisão e inteligência.

O esquema de NES Open Tournament Golf é completamente diferente: no modo stroke play já estão disponíveis desde o início três torneios diferentes, Japan Course, UK Course e US Course, cada um com 18 buracos. Apesar dos nomes, os torneios não são iguais aos de Mario's Open Golf: alguns buracos são totalmente diferentes, outros são parecidos, mas com obstáculos diferentes, e apenas alguns poucos são repetidos do jogo japonês, e mesmo assim sem correspondência direta - o buraco nove do US Course, por exemplo, é o buraco um do Australia Course. A cada 36 buracos concluídos, dependendo de seu desempenho, você pode subir de nível - você começa no nível beginner, e depois pode passar para amateur, semi-professional e professional - o que, teoricamente, vai deixando o jogo mais fácil.

Golf (NES)No modo match play, você também pode disputar uma partida em qualquer um dos três torneios contra um amigo ou contra o computador. A diferença é que, jogando contra o computador, você primeiro sempre enfrenta Luigi; vencendo-o, você ganhará o direito de enfrentar um novo oponente, de acordo com o seu nível: Steve (beginner), Mark (amateur), Tony (semi-professional) ou Billy (professional), cada um com graus diferentes de força, precisão e inteligência. Finalmente, NES Open Tournament Golf traz um novo modo de jogo, o tournament, no qual você disputa os três torneios em sequência e ganha dinheiro a cada buraco. O dinheiro é registrado para cada jogador individualmente, o que permite que você dispute com seus amigos para ver quem tem mais dinheiro, como se vocês fossem profissionais do golfe. Enquanto disputa o modo tournament, o jogador pode ainda participar de um minigame, no qual ele e um personagem controlado pelo computador disputarão um único buraco, ganhando um prêmio extra em dinheiro quem conseguir acertá-lo em menos tacadas.

Depois de toda essa atividade no NES, Mario deu um tempo no golfe, e só voltaria a praticá-lo no Nintendo 64, com o lançamento de Mario Golf, produzido pela Camelot, em 1999.

Mario Golf traz 14 personagens à disposição do jogador, sendo quatro disponíveis desde o início (a Princesa, Baby Mario, Charlie e Plum) e dez que podem ser liberados cumprindo certos pré-requisitos durante o jogo (Mario, Luigi, Yoshi, Wario, Donkey Kong, Sonny, Maple, Harry, Bowser e Metal Mario). Se você não se lembra de nenhum Charlie, Plum, Maple, Sonny ou Harry nos jogos de Mario, não estranhe, esses são personagens humanos criados pela Camelot especialmente para o jogo. Mario Golf traz ainda seis campos de golfe diferentes (Toad Highlands, Koopa Park, Shy Guy Desert, Yoshi's Island, Boo Valley e Mario's Star), cada um com 18 buracos diferentes, obstáculos tradicionais aos campos de golfe, como buracos e água, e alguns não tão tradicionais assim, como plantas-piranha. Condições climáticas, como vento (com variados graus de intensidade, e direção indicada por um pequeno Boo no painel) e chuva são aleatoriamente escolhidas para cada buraco. A forma de jogar é a mesma de sempre: após escolher o taco mais apropriado e a direção da tacada, você deverá dosar a precisão e a potência da mesma, a fim de fazer a bola cair no buraco ou o mais próximo possível dele, e longe dos obstáculos.

Mario Golf tem uma infinidade de modos de jogo. O mais tradicional é o stroke play, que pode ser jogado por de um a quatro jogadores. Após escolher um campo, todos os 18 buracos são jogados, e o vencedor, caso mais de um esteja jogando, será aquele que concluir o percurso com menos pontos. Caso você esteja jogando sozinho, seu recorde é devidamente anotado. O modo tournament é bastante semelhante ao stroke play, mas é exclusivo para um único jogador. Após escolher um dos seis torneios disponíveis (Toad Tournament, Koopa Cup, Shy Guy International, Yoshi Championship, Boo Classic e Mario Open, cada um disputado em um dos campos), você jogará 18 buracos contra 29 oponentes controlados pelo computador, sendo vencedor quem chegar ao final com menos pontos. No modo tournament você pode ganhar birdie badges (um a cada birdie, ou seja, a cada buraco concluído com menos tacadas que o par), necessárias para liberar Maple e Metal Mario, e course points (dependendo de seu desempenho), necessários para liberar para os demais modos de jogo os campos que não sejam Toad Highlands, único disponível desde o início.

O modo match play é exclusivo para dois jogadores; nele, você enfrenta um amigo para ver quem será o primeiro a conseguir dez moedas, sendo que ganha uma moeda o jogador que conseguir fazer cada buraco em menos tacadas que o outro. O modo Get Character segue as mesmas regras, mas é exclusivo para um jogador; nele, você poderá enfrentar sete dos personagens secretos (Luigi, Yoshi, Sonny, Wario, Harry, Mario e Bowser, nessa ordem), liberando-os caso os vença.

Os demais modos são menos ortodoxos: em skins golf, para de 2 a 4 jogadores, o jogador a conseguir o buraco com menos tacadas ganha uma skin, sendo campeão quem chegar ao final dos 18 com mais. Club slots segue as mesmas regras, mas os tacos são escolhidos aleatoriamente antes de cada tacada, e não pelo jogador. Em mini golf, para de 1 a 4 jogadores, você deve guiar a bola até o buraco com tacadas curtas por caminhos em forma de números e letras. Ring shot é exclusivo para um jogador; nele, cada campo possui anéis espalhados pelo trajeto da bola, sendo seu objetivo passá-la por dentro de todos eles e ainda fazer cada buraco no par ou abaixo do par - conseguindo todos, você libera Donkey Kong. Em speed golf, também para um jogador, você deve completar os 18 buracos não só com a menor pontuação, mas também no menor tempo possível. Finalmente, o modo training, para um jogador, permite que você escolha um buraco de um campo qualquer e pratique suas tacadas nele.

Ainda em 1999, Mario Golf ganharia uma versão, de mesmo nome, para o Game Boy Color. Não por acaso, essa versão tinha muito em comum com a versão de Mario Tennis para o mesmo GBC: assim como naquela, nesta havia um story mode, no qual você deveria escolher entre quatro personagens humanos (os meninos Kid e Joe ou as meninas Sherry e Azalea) e disputar vários torneios contra oponentes controlados pelo computador (disputados em clubes de golfe chamados Marion Club, Palm Club, Dune Club e Links Club, e no castelo da Princesa, o Peach's Castle), nos quais ganharia experiência e se tornaria um jogador cada vez melhor. Assim como em Mario Tennis, o jogador poderia usar o Transfer Pak para transferir Kid, Joe, Sherry e Azalea para o Nintendo 64 e ganhar experiência com eles no Mario Golf de lá, transferindo-os de volta depois para o Game Boy Color. Vários mini-games e lições de treinamento também podiam ser jogados durante o story mode.

Além do story mode, o Mario Golf do GBC tinha um modo training e modos de stroke play e match play. Nesses dois últimos, você podia enfrentar personagens controlados pelo computador em qualquer um dos quatro clubes. No stroke play e no match play, além de Kid, Joe, Sherry e Azalea, outros sete personagens podiam ser escolhidos, com Luigi estando disponível desde o início, e Mario, Wario e os chefes do story mode (Tiny, Putt, Grace e Gene Yuss) podendo ser liberados ao longo do story mode.

Em 2001, a Camelot lançaria mais um jogo de golf com Mario para o Game Boy Color, o Mobile Golf. Lançado exclusivamente no Japão, o jogo foi desenvolvido para uso com o Mobile GB Adapter, dispositivo que permitia aos jogadores enfrentar uns aos outros através da rede de telefonia celular japonesa - mais ou menos como um jogo online, mas pagando o preço de uma ligação local pela duração da partida. Mobile Golf também trazia os modos Story mode, training, stroke play e match play, sendo que esses dois últimos permitiam mais de um jogador através do Mobile GB Adapter. O story mode é bastante parecido com o de Mario Golf, com o jogador escolhendo entre o menino Kid e a menina Grace e participando de vários torneios em busca de experiência. Como de costume, personagens secretos podiam ser liberados para uso nos modos stroke play e match play, como quatro outros personagens exclusivos (Ken, Maple, Thread e Lisa), dois do jogo anterior (Gene Yuss e Tiny), os quatro chefes do jogo (Bean, Rozary, Powert e Bird) e mais Mario, a Princesa, Yoshi e Foreman Spike (de Wrecking Crew).

Mario Golf: Toadstool TourMario levaria suas tacadas para o GameCube em 2003, com o lançamento de Mario Golf: Toadstool Tour (que, por alguma razão, no Japão se chama Mario Golf: Family Tour), também produzido pela Camelot. Apesar das inovações nos gráficos e da introdução de personagens novos, a forma de jogar é idêntica à do Mario Golf do Nintendo 64 - tão idêntica que acabou fazendo com que o jogo fosse muito criticado por não apresentar nenhuma novidade em relação a seu antecessor. Curiosamente, como já vimos, Mario Power Tennis, lançado um ano depois, seria criticado justamente pelo contrário, por trazer muitas novidades em relação a Mario Tenis. Vai entender.

Seja como for, Mario Golf: Toadstool Tour traz 16 personagens à disposição do jogador, sendo 12 disponíveis desde o início (Mario, Luigi, a Princesa, Daisy, Yoshi, uma tartaruga, Donkey Kong, Diddy Kong, Wario, Waluigi, Birdo e Bowser) e outros quatro que precisam ser liberados ao longo do jogo (Boo, Petey Piranha, Bowser Jr. e Shadow Mario). Como de costume, cada personagem tem características próprias, que influenciam em sua forma de jogar. Uma novidade do jogo é que os personagens podem ganhar experiência, que em dado momento resulta em uma estrela, se tornando melhores com a estrela que no início do jogo. As partidas são disputadas em seis campos diferentes (Lakitu Valley, Cheep Cheep Falls, Shifting Sands, Blooper Bay, Peach's Castle Grounds e Bowser Badlands), cada um com 18 buracos e obstáculos diferentes, alguns do golfe real, outros do mundo de Mario, como Chompers e poços de lava.

O principal modo de jogo é mais uma vez o tournament, no qual um jogador poderá disputar seis torneios (Lakitu Cup, Cheep Cheep Tournament, Sands Classic, Blooper Open, Peach's Invitational e Bowser Championship) em busca de pontos e badges para liberar os campos, Boo e o Star Tournament, um torneio com caminhos alternativos da bola ao buraco, bolas mais rápidas e oponentes bem mais difíceis. Os modos stroke play, club slots, ring attack (antigo ring shot), speed golf e training estão de volta, iguaizinhos aos de Mario Golf. Character match substitui o get character, e nele, ao invés de liberar novos personagens, você ganha estrelas para os que já tem, que, acumuladas, melhoras suas características. Os modos novos incluem o coin attack, no qual você deve recolher moedas com a bola no caminho até o buraco; near-pin, no qual o objetivo é chegar o mais perto possível do buraco em uma única tacada, em nove buracos; side games, que inclui "treinamentos" para birdies, putting (tacadas curtas próximas aos buracos) e tacadas curtas, longas e bem longas; e doubles, no qual quatro personagens disputam, em dois times de dois, partidas de stroke play, match play, skins golf ou club slots.

O mais recente jogo de golfe de Mario foi lançado em 2004. Mario Golf: Advance Tour, também da Camelot, para Game Boy Advance, é uma espécie de sequência do Mario Golf do Game Boy Color, com os mesmos clubes (exceto o último, que agora se chama Mushroom Course) e mesmos modos de jogo, mas agora com gráficos de GBA. No Story Mode, no início do jogo, você pode escolher entre o menino Neil ou a menina Ella, e então jogar com eles para fazê-los ganhar experiência e evoluir. Nos demais modos, além dos dois, estão disponíveis desde o início Mario, a Princesa, Yoshi e Donkey Kong, podendo ser liberados Luigi, Bowser, Wario, Waluigi, Joe, Sherry, Azalea, Kid, Putts, Grace, Tiny e Gene.

Diferentemente do que ocorria com Mario Tennis, Mario Golf: Advance Tour podia ser conectado a Mario Golf: Toadstool Tour através do cabo próprio para conectar o GBA ao GameCube. Isso era interessante não somente para transferir e evoluir Neil e Ella, mas também porque era a única forma de liberar Luigi, Bowser, Wario e Waluigi.

Por enquanto, a carreira de golfista de Mario se encerra neste jogo. Mario Golf: Toadstool Tour seria um dos jogos relançados para o Wii na série New Play Control!, mas a vendagem abaixo do esperado de Mario Power Tennis e as críticas que o jogo recebeu quando de seu lançamento fizeram com que a Nintendo desistisse. Com o fim do contrato com a Camelot e a preferência da Nintendo em investir em jogos esportivos interativos, ao estilo Wii Sports, parece que Mario não voltará a pisar em um campo de golfe tão cedo.

1 enfiaram o nariz:

Lucia disse...

Veio bem a calhar já que agora eu tô começando a entender o golf.
Então, quando sai o Mario Curling? hehehe

1:06 PM

Postar um comentário