terça-feira, 27 de janeiro de 2009

Sinuca

Eu não sei fazer várias coisas. As três primeiras da lista são assoviar, fazer bola de chiclete e andar de bicicleta. Eu já tentei de tudo, mas não adianta: nenhum som sai dos meus lábios quando eu assopro, nenhuma bola de chiclete fica maior que a unha do meu polegar quando está na minha boca, e eu não consigo me equilibrar sobre duas rodas por mais de dez metros sem ter de pôr um dos pés no chão. Deve ser algum defeito genético.

Dentre as outras várias coisas que eu não sei fazer, está jogar sinuca. Felizmente, eu não sou daqueles horríveis que rasgam o pano da mesa, mas mesmo assim a bola nunca acerta onde eu quero, o que sempre acaba resultando em um monte de pontos negativos. Meu pai, por outro lado, é um jogador excelente, o que comprova que, neste caso específico, se for um defeito genético, pelo menos não é hereditário. Embora ele já tenha tentado me ensinar centenas de vezes, e eu saiba todos os princípios teóricos do jogo, ainda assim na hora em que o taco bate na bola, só Deus sabe onde ela vai parar.

uma mesa de sinuca inglesaApesar disso, eu adoro sinuca. Acho um jogo muito interessante, que usa vários princípios matemáticos, e ainda tem umas bolinhas muito bonitas. E, assim como o baralho, uma mesa de sinuca permite vários jogos diferentes, cada um com suas regras distintas e igualmente interessantes. Assim, apesar de ser um péssimo jogador, sinuca está dentre as coisas que eu mais gosto, nem que seja só para assistir aos outros jogando. E, sendo uma das coisas que eu mais gosto, automaticamente ela se qualifica para um lugar neste blog. E, como vocês devem estar imaginando, esse lugar será garantido hoje. Peguem seus tacos, pois hoje é dia de sinuca no átomo!

O jogo de sinuca é uma versão para salão de esportes que eram disputados ao ar livre com tacos e bolas, como o golfe e o croquê. Usando tacos diferentes, bolas menores e uma mesa ao invés de um gramado, o jogo almejava permitir que cavalheiros distintos disputassem seus esportes tradicionais durante o inverno, enquanto chovia, ou no aconchego de seus lares com seus amigos. Os primeiros jogos deste tipo datam do início do século XVI, mas a sinuca é um dos mais recentes. Embora ninguém consiga precisar quando o primeiro jogo de sinuca foi jogado no mundo, é um fato amplamente aceito que o jogo surgiu por volta de 1800, inventado por militares britânicos que serviam na Índia, que o usavam para matar o tempo durante a temporada de monções, quando chove muito o dia inteiro, e há pouco para se fazer. O nome "sinuca" (em inglês, snooker), era uma gíria para soldados inexperientes, e teria sido criado pelo Coronel Neville Chamberlain, que o usou para se referir a um soldado que jogava com ele e errou uma jogada fácil.

Para poder ser realizada, uma partida de sinuca precisa de vários equipamentos, sendo o primeiro e mais importante deles a mesa. Uma mesa de sinuca oficial tem 1,77 metro de largura por 3,54 metros de comprimento; as usadas em bares, casas de jogos, ou disponíveis para você comprar e jogar sinuca em casa normalmente são menores, mas sempre com o comprimento tendo o dobro da largura. A altura padrão do tampo em relação ao chão é de 85 cm. A mesa é feita de madeira, com o tampo coberto de feltro, normalmente na cor verde ou azul. Em volta do tampo de feltro há uma borda de madeira de 3,65 cm de altura, que pode ser coberta com couro ou borracha vulcanizada. Esta borda possui seis caçapas, onde as bolas deverão ser colocadas durante o jogo, uma em cada quina da mesa e uma de cada lado exatamente na metade no comprimento da mesma. Cada caçapa é um buraco de 9 cm de diâmetro, normalmente com uma redinha de tecido acoplada para que a bola não caia no chão quando entre na caçapa. O tampo da mesa só possui uma marcação oficial, uma linha branca cheia a 73,7 cm de uma das bordas, com um semicírculo de 29,2 cm de raio em seu centro, apontado para esta borda, conhecido simplesmente como "D". A maioria das mesas traz marcações também dos lugares onde as bolas começam a partida, e marcações na borda entre as caçapas para facilitar o uso da borda como tabela.

Uma bola de sinuca tem 5,25 cm de diâmetro, e hoje é feita de resina, embora no passado elas já tenham sido feitas de madeira, argila, marfim, e até de um composto celulósico que podia explodir quando exposto a calor intenso. A bola não possui um peso padrão, mas a regra diz que todas as bolas do conjunto devem ter o mesmo peso, com uma tolerância máxima de 3 gramas para mais ou para menos entre uma bola e outra. Um conjunto de sinuca é composto de oito bolas, nas cores branca, vermelha, amarela, verde, marrom, azul, rosa e preta.

Além da mesa e das bolas, para se jogar sinuca é preciso um taco. Um conjunto de sinuca tem seis, mas cada jogador só usa um. Um taco de sinuca é feito de madeira, com detalhes na empunhadura, no meio e em volta da ponta que podem ser feitos de borracha, alumínio, fibra de vidro ou fibra de carbono. O taco tem 1,5 metro de comprimento, e pesa aproximadamente 550 gramas, sendo um pouco mais estreito na ponta que na empunhadura. A ponta, que toca as bolas, é feita de couro, e na outra extremidade há uma proteção de borracha. Normalmente os conuntos de tacos acompanham um taco especial, com uma ponta de plástico ou alumínio em forma de X, onde é apoiado o taco quando a bola está em uma posição que o jogador não conseguiria alcançar usando apenas o comprimento de seus braços sem perturbar a arrumação da mesa. Completam a lista de equipamentos cubinhos de giz, normalmente na cor azul, usados na ponta do taco como um apontador na ponta de um lápis, para assegurar um bom contato entre o taco e a bola.

No início do jogo, as bolas são arrumadas em posições pré-determinadas: a marrom fica sobre a linha bem no centro do semicírculo, com a verde à sua esquerda e a amarela à sua direita, ambas nos pontos onde o semicírculo toca a linha. A azul fica bem no centro da mesa, a preta alinhada com a azul, a 32,4 cm da borda de cima, e a rosa alinhada com ambas, na exata metade do caminho entre uma e outra. A vermelha fica na exata metade do caminho entre a rosa e a preta, mas, ao invés de alinhada com elas, fica um pouco mais à direita, a 58 cm da borda direita. A bola branca é colocada dentro do D, em qualquer posição que o jogador que iniciará a partida - escolhido através de sorteio ou qualquer outro método - quiser, sendo mais comum que ela seja colocada sobre a linha, na metade do caminho entre a marrom e a amarela. Normalmente uma partida de sinuca é disputada entre dois jogadores, mas as regras permitem que até seis tomem parte em um único jogo - por isso os seis tacos no conjunto.

posições iniciais da sinucaO objetivo de cada jogador é impulsionar a bola branca usando o taco, para que ela acerte as outras bolas e as empurre para dentro das caçapas. O taco é segurado firmemente na empunhadura com uma das mãos, enquanto a ponta repousa sobre a outra mão do jogador, apoiada espalmada sobre a mesa. Para obter mais firmeza, é comum o jogador passar a ponta do taco por baixo do dedo indicador, e apoiá-la sobre o polegar e o médio. De acordo com as leis da física, quanto mais força o jogador usar para bater com a ponta do taco na bola branca, mais depressa ela sairá rolando, e mais velocidade ela transmitirá às bolas nas quais bater. O jogador deve calcular não só a força, mas também o ponto exato da bola branca no qual o taco irá acertar e a direção na qual ele dará o impulso, para que a bola branca viaje de acordo com seu desejo, bata na bola que ele quer acertar, e a jogue dentro de uma caçapa qualquer.

Isso porque não basta encaçapar as bolas assim sem mais nem menos: embora não tenham números impressos nelas, as bolas possuem uma ordem, e devem ser encaçapadas de acordo com essa ordem. Assim, a vermelha é a bola 1, a amarela é a 2, a verde a 3, marrom 4, azul 5, rosa 6 e preta 7. O primeiro a jogar, portanto, tem a missão de encaçapar a bola vermelha. Só depois que a vermelha for encaçapada é que se partirá para tentar a amarela, então a verde, e assim por diante. Cada bola, quando encaçapada, rende ao jogador um número de pontos igual ao seu número - a vermelha vale 1 ponto, a amarela 2, a verde 3 etc. Quando encaçapa com sucesso a "bola da vez", um jogador também ganha o direito a tentar encaçapar uma bola qualquer, ganhando os pontos que ela vale se conseguir; esta bola não permanece encaçapada, voltando para sua posição de partida se o jogador for bem sucedido - se outra bola tornar impossível que uma bola qualquer retorne para a sua posição de partida, ela será colocada na posição de partida da bola imediatamente seguinte a ela, ou o mais próximo possível de sua própria posição de partida, se todas já estiverem ocupadas. Quando um jogador comete uma infração, que é qualquer situação que resulte em perda de pontos, ele encerra seu turno, e passa a vez para o próximo começar a jogar.

O jogo de sinuca, aliás, tem várias situações nas quais os jogadores perdem pontos, podendo ficar, inclusive, com pontuação negativa. Se o jogador acertar a bola branca, mas ela completar seu movimento e parar sem atingir nenhuma outra bola, ele perde um número de pontos igual ao valor da bola que estava tentando acertar. Se ele encaçapar a bola branca, ele também perde um número de pontos igual ao valor da bola que estava tentando acertar, e o oponente ganha o direito a recomeçar com a bola branca em qualquer posição que queira dentro do D. Se encaçapar a bola branca após encaçapar outra bola, ele perde o número de pontos da bola que encaçapou, ela volta para sua posição de partida, e o oponente tem direito a recomeçar de qualquer lugar dentro do D. Se a bola branca tocar qualquer bola que não seja a da vez ou a de bônus quando tinha direito, encaçapando-a ou não, o jogador perde um número de pontos igual ao valor da maior bola em que tocou, e as bolas encaçapadas voltam para suas posições de partida. Se ela tocar a da vez ou a de bônus quando o jogador tinha direito, mas elas não forem encaçapadas, ele perde o número de pontos da bola que estava tentando encaçapar. E, se o jogador encaçapar mais de uma bola com uma única tacada, ele perderá o valor da mais alta encaçapada em pontos, e todas voltarão para suas posições de partida. Acertar outra bola que não a branca com o taco, acertar qualquer bola com outra parte do taco que não seja a ponta e jogar as bolas para fora da mesa com uma tacada também fazem com que o jogador passe a vez, e rendem 7 pontos negativos - o máximo possível - cada.

Os jogadores vão se alternando e os pontos vão sendo somados e diminuídos até que todas as sete bolas coloridas tenham sido encaçapadas. Neste momento, quem tiver mais pontos será declarado vencedor. Em torneios oficiais, jogos de sinuca costumam ser disputados por apenas dois jogadores em um esquema de melhor de nove partidas, com uma nova partida se iniciando cada vez que a anterior termina, até que um mesmo jogador vença cinco partidas, seguidas ou não. As finais costumam ser disputadas em melhor de 17, com o primeiro a ganhar nove sendo declarado campeão, e o Mundial de sinuca é disputado em melhor de 19 nas primeiras fases e melhor de 35 nas finais, sendo preciso que um mesmo jogador ganhe 18 partidas para ser declarado campeão.

Agora, a segunda revelação do dia: os torneios internacionais de sinuca, incluindo o Mundial, são disputados com regras um pouco diferentes das que eu descrevi aqui. Isso porque a versão que eu descrevi, a mais popular aqui no Brasil, foi inventada por aqui mesmo, sendo até conhecida internacionalmente como "sinuca brasileira". A versão disputada internacionalmente, conhecida por aqui como "sinuca inglesa", usa 15 bolas vermelhas ao invés de uma só, além da amarela, verde, marrom, azul, rosa, preta e branca. No início do jogo, as 15 bolas vermelhas são arrumadas em formato de triângulo, com a ajuda de um triângulo de madeira conhecido como rack, e posicionadas de forma que a bola de um dos vértices do triângulo fique alinhada entre a rosa e a preta, o mais próximo possível da rosa sem tocá-la. Enquanto houverem bolas vermelhas na mesa, todas serão consideradas "da vez", podendo o jogador tentar encaçapar qualquer uma delas, e tendo o direito de tentar uma que não seja vermelha cada vez que conseguir. A sinuca inglesa não tem pontos negativos, com o oponente ganhando os pontos que seriam subtraídos de quem cometeu a infração, e cada infração vale entre 4 e 7 pontos para o oponente, mesmo que as bolas envolvidas na infração sejam uma das vermelhas, a amarela ou a verde. As demais regras são as mesmas citadas aqui.

Assim como o dominó, a sinuca é considerada esporte, sendo regulada pela Confederação Mundial de Esportes de Bilhar (WCBS), na verdade uma reunião de várias federações internacionais de sinuca, bilhar e carambola. Pois é, acho que essa será a terceira revelação do dia: "sinuca" e "bilhar" não são sinônimos. "Bilhar" (em inglês billiards ou pool), na verdade é um termo genérico usado para se referir a uma dezena de jogos, sendo que todos eles usam o mesmo tipo de mesa, taco e bolas - a sinuca não é considerada uma modalidade do bilhar porque seu conjunto de bolas é diferente. Os jogos de bilhar foram os primeiros deste tipo inventados, lá no início do século XVI, e seu nome vem de uma antiga palavra francesa, bilard, que significava "taco".

bolas de bilharOs tacos usados para bilhar são os mesmos da sinuca, mas uma mesa oficial de bilhar é um pouco menor, com 1,35 metro de largura por 2,70 metros de comprimento, embora tamanhos menores ou maiores também sejam comercializados. As bolas são um pouco maiores que as de sinuca, com 5,7 cm de diâmetro, pesando entre 156 e 170 gramas. Um conjunto de bilhar é composto de 16 bolas, sendo uma branca e 15 coloridas; 8 são pintadas em uma única cor cada, e as outras 7 são brancas com uma faixa de outra cor. Assim como na sinuca, as bolas possuem uma ordem, mas no bilhar elas também têm um número impresso, para facilitar a vida dos jogadores: a bola 1 é a amarela, a 2 azul, 3 vermelha, 4 roxa, 5 laranja, 6 verde, 7 marrom, 8 preta, a 9 é a branca com faixa amarela, 10 branca com faixa azul, 11 com faixa vermelha, 12 faixa roxa, 13 faixa laranja, 14 faixa verde, e a 15 é a branca com faixa marrom.

Como eu disse, existem dezenas de jogos de bilhar, mas o mais jogado é o conhecido como eight-ball. Disputado por dois jogadores, o objetivo do eight-ball é encaçapar a bola 8, o que só pode ser feito depois que um jogador encaçapa todas as bolas do "naipe" com que está jogando - um joga com o naipe das sólidas, as bolas que são todas de uma única cor, outro joga com o naipe das listradas, as bolas brancas com uma faixa colorida. No início do jogo, as 15 bolas coloridas são arrumadas dentro do rack, e posicionadas de forma que um dos vértices do triângulo toque a única marcação da mesa, conhecida como foot spot, entre as caçapas do meio e a borda, centralizado com a mesa. Então o jogador que vai começar jogando, escolhido por qualquer método acordado, posiciona a bola branca em qualquer lugar atrás de uma linha imaginária que corta a mesa na metade da distância entre as caçapas do meio e a borda oposta ao lugar onde está o rack. Este jogador terá direito a fazer o break, ou seja, atingir as bolas coloridas com a branca, para espalhá-las sobre a mesa.

Se quaisquer bolas forem encaçapadas durante o break, elas permanecerão encaçapadas, com exceção da bola 8, que exige um novo rack e um novo break se for encaçapada durante um break. Somente após o break é que o jogador que começou escolherá se irá encaçapar as sólidas ou as listradas, evidentemente escolhendo as que ficaram em número menor na mesa, se ele tiver encaçapado alguma. As bolas podem ser encaçapadas em qualquer ordem, não importando sua numeração. Assim como na sinuca, um mesmo jogador continua jogando até cometer uma infração, quando então dá lugar ao outro. As infrações são mais ou menos as mesmas da sinuca, com a diferença de que nenhuma resulta em perda de pontos, já que o eight-ball não tem pontuação. Uma vez que um jogador tenha encaçapado todas as suas sete bolas (de 1 a 7 para quem está jogando com as sólidas, de 9 a 15 para quem está com as listradas), ele ganha o direito a tentar encaçapar a bola 8. Se conseguir, ganha o jogo.

Apesar do eight-ball ser o mais jogado, atualmente o mais famoso, inclusive disputado em campeonatos internacionais, é outro jogo, o nine-ball. Mais veloz e de regras mais simples, o nine-ball usa apenas as bolas de 1 a 9, arrumadas em um rack em formato de losango, e a bola branca, evidentemente. Após o break, cada jogador deve encaçapar as bolas que sobraram na mesa em ordem numérica, com um jogador dando lugar a outro sempre que cometer uma infração, e vencendo o jogo aquele que encaçapar a bola 9, depois que todas as outras oito bolas tiverem sido encaçapadas - a exceção é durante o break, quando o jogador ganha a partida automaticamente se encaçapar a bola 9. De forma mais semelhante à sinuca que ao eight-ball, no nine-ball ambos os jogadores tentam encaçapar as mesmas bolas, pondendo um jogador tentar deixar o outro em posição difícil se vir que não conseguirá fazer sua jogada. O nine-ball também acabou gerando um "efeito colateral" curioso, o jogo de six-ball, jogado com as mesmas regras mas apenas as bolas de 10 a 15, ganhando quem encaçapar a 15 depois que as outras cinco tiverem sido encaçapadas. Assim, com duas mesas e um único conjunto, dois jogadores podem jogar nine-ball ao mesmo tempo em que dois jogam six-ball.

O terceiro esporte regulado pela WCBS, além da sinuca e do bilhar, é a carambola (carom, em inglês). Bastante diferente dos outros dois, a carambola usa uma mesa de 1,42 metro de largura por 2,84 de comprimento e entre 75 e 80 cm de altura, com as bordas aquecidas através de um sistema elétrico para ficarem sempre 5oC acima da temperatura ambiente, e que, ainda por cima, não tem nenhuma caçapa. Além disso, o jogo de carambola só usa três bolas, uma branca, uma vermelha e uma branca com quatro pontos vermelhos. A origem do nome carambola é incerto, mas supõe-se que seja porque durante a partda as bolas estão sempre batendo umas contra as outras. As bolas de carambola são um pouco maiores, com 6,15 cm de diâmetro, e um pouco mais pesadas, entre 205 e 220 gramas. Por causa disso, os tacos costumam ser um pouco mais curtos e reforçados.

bolas de carambolaAssim como o bilhar, a carambola também tem diversas variações, sendo a mais popular hoje em dia a conhecida como three-cushion, disputada por dois jogadores, um usando a bola branca e o outro a branca com pontos vermelhos, cada um com o objetivo de atingir uma das outras duas bolas, então três bordas diferentes, e aí a outra bola. Sim, isso é bem difícil. Cada jogador tem o direito de permanecer na mesa até errar, ganhando um ponto por cada vez que acerta. Quando um jogador erra, dá a vez ao adversário. Um jogo de three-cushion é normalmente disputado em 9 entradas, com uma entrada consistindo de um turno para cada jogador, e sendo declarado vencedor o que tiver mais pontos ao final da nona entrada. Jogos mais simples, como o straight rail, exigem apenas que a bola atinja primeiro uma das outras duas e depois a outra, sem ter de obrigatoriamente acertar nada no meio, dando pontos para o jogador toda vez que isso acontece; estes porém, são cada vez menos populares entre os profissionais, sendo disputados apenas por amadores.

Além da sinuca, do bilhar e da carambola, existem vários outros jogos que podem fazer uso de uma mesa e tacos, mas com conjuntos de bolas exclusivos. Dentre eles podemos citar o mata-mata, jogado com onze bolas de 5,6 cm de diâmetro, uma branca, cinco azuis e cinco vermelhas, sendo que um dos jogadores tenta encaçapar todas as vermelhas e o outro todas as azuis, vencendo o jogo quem conseguir encaçapar primeiro as cinco bolas da cor que escolheu; o bilhar inglês, com regras parecidas com as do eight-ball, mas que usa um conjunto de 16 bolas menores (5,08 cm de diâmetro), uma branca, uma preta, sete vermelhas e sete amarelas, sendo que cada jogador escolhe antes do break se irá encaçapar as vermelhas ou as amarelas, e, depois que encaçapar todas as da cor que escolheu, pode tentar encaçapar a preta para ganhar o jogo; e a pirâmide russa, que usa 16 bolas enormes de 6,8 cm de diâmetro cada, sendo 15 brancas numeradas e uma vermelha, e onde o objetivo é encaçapar oito bolas quaisquer antes do oponente, sendo que qualquer bola pode ser usada para encaçapar qualquer outra, com a vermelha, a bola utilizada para o break, quando encaçapada, trocando de lugar com qualquer bola branca na mesa.

Durante muito tempo, esportes como a sinuca e o bilhar tiveram sua imagem ligada a bares, com jogadores fumando, bebendo cerveja, apostando dinheiro e quebrando tacos na cabeça dos outros ao serem acusados de trapaça. Atualmente, a WCBS faz uma intensa campanha para apagar essa imagem negativa, apostando em jogadores jovens e sem vícios, na divulgação de torneios como lazer para toda a família, e até com uma campanha para incluir a sinuca inglesa, o nine-ball e o three-cushion nas Olimpíadas. Eu, como sempre, dou todo o meu apoio. E vou fazer minha parte ao continuar tentando terminar um jogo com pelo menos um ponto positivo.

0 enfiaram o nariz:

Postar um comentário