domingo, 4 de julho de 2004

Gamão



Eu gosto muito de jogos de tabuleiro. Assim como os jogos de baralho, são uma boa oportunidade de se passar alguns momentos agradáveis em companhia de alguns amigos, sem o compromisso do RPG ou a solidão do videogame. É difícil dizer qual seria meu jogo de tabuleiro preferido, mas um deles, infelizmente, é pouco conhecido, e por isso eu decidi escrever sobre ele. Trata-se do Gamão.

Por alguma razão, o Gamão ficou com um estereótipo de jogo de gente rica. Em novelas, quando personagens ricos resolvem jogar alguma coisa, é sempre Gamão. Existem também as pessoas que olham para o tabuleiro e acham que é um jogo complicado, mas na verdade é um jogo simples, divertido, e com bastante espaço para a estratégia, apesar de envolver dados.

As origens do Gamão são mais antigas do que se pode imaginar. O Gamão é descendente direto de dois jogos ancestrais, o egípcio Senet e o indiano Pachisi, sendo que este último também deu origem ao Ludo e ao Chispa. Assim como no Senet, o objetivo do Gamão é levar todas as suas peças de uma ponta do tabuleiro até a outra. Não se sabe como, o Senet e o Pachisi chegaram até o Império Romano, onde deram origem a um novo jogo, chamado Ludus Duodecim Sciptorum ("jogo das doze linhas"). Este foi o jogo mais popular de Roma durante muito tempo, até que, no século I, começou a perder popularidade, e foi substituído por uma variante mais simples, a Tabula.

Enquanto isso, os persas e os árabes jogavam outra variação do Senet e do Pachisi, chamada Nard. Eventualmente, o Nard chegou à Europa. Na falta de tabuleiros de Nard, os europeus utilizavam o tabuleiro da Tabula, o mesmo do Gamão, para jogar.

O Nard, porém, nunca foi muito popular, até que, no século XVII, surgiu uma nova variante melhorada, o que levou a uma revitalização do jogo e à sua difusão por toda a Europa. Este jogo ficou conhecido como Backgammon na Inglaterra, Trictrac na França, Puff na Alemanha, Tablas Reales na Espanha, Tavola Reale na Itália, e Gamão em Portugal. O nome Gamão vem do inglês medieval gamen, que significa jogo. Backgammon, portanto, seria o "jogo de voltar".

Em 1925, um norte-americano decidiu adicionar um novo objeto ao jogo: um dado que dobraria a pontuação das jogadas. Este dado levou a uma nova febre, que durou até o final da Segunda Guerra Mundial, quando o Gamão mais uma vez começou a entrar em declínio. E assim foi até os anos 70, quando a indústria de jogos começou a lançar versões do Gamão "de brinquedo", com tabuleiros de papel e peças de plástico. Hoje em dia, o Gamão não é tão popular quanto Xadrez ou Damas, mas é relativamente fácil comprar um tabuleiro.

Mas como é que se joga esta bagaça, você deve estar se perguntando? Na verdade, é muito simples. O tabuleiro é composto de 24 casas, 12 de cada lado, em formato triangular, diferentemente dos demais jogos, onde as casas são quadradas. No meio do tabuleiro cruza uma linha, a "Linha Bar", que divide o mesmo em quatro setores de seis casas cada. Cada jogador tem o objetivo de levar todas as suas 15 peças até seu setor final, e depois tirá-las do tabuleiro. As peças iniciam o jogo "espelhadas", ou seja, um dos jogadores move suas peças no sentido horário, e o outro no anti-horário.

Na figura ao lado, podemos ver a disposição inicial das peças. O jogador que controla as brancas deve levar suas peças até o setor que já começa com cinco peças brancas e duas pretas (seu setor final). Sim, cada jogador já começa com cinco peças em seu setor final, e deve levar as outras dez até lá.

Para mover as peças, cada jogador joga dois dados. Cada resultado deve ser "andado" individualmente, mesmo que se use os dois resultados para a mesma peça. Assim, se você tirou 4 e 2, primeiro anda 4 e depois 2, ou primeiro 2 e depois 4, e não 6 de uma vez só. Pode não parecer, mas isso faz uma grande diferença neste jogo. Um jogador pode dividir seus resultados entre duas peças, ou seja, no exemplo anterior, poderia andar 4 casas com uma peça e 2 com outra. Quando um jogador tira uma "dobradinha", pode andar o resultado em dobro, ou seja, um jogador que tira 5 e 5 pode mover 4 peças 5 casas cada, 2 peças 10 casas cada, uma peça 10 casas e ouras duas 5 casas cada, ou uma única peça 20 casas.

Se uma mesma casa tiver duas ou mais peças de uma mesma cor, esta casa está "protegida", e peças da outra cor não poderão parar ali. Ou seja, se uma casa já tiver três peças pretas, uma peça branca não poderá parar nesta casa. Por isso é importante dividir os resultados: se você tirar 4 e 2, e tanto a quarta quanto a segunda casa estiverem protegidas, você não poderá andar com aquela peça, mesmo que a sexta casa esteja livre.

Se uma peça estiver sozinha em uma casa, porém, poderá ser "capturada" se uma peça adversária parar naquela casa. Uma peça capturada sai do tabuleiro (alguns jogadores as colocam sobre a Linha Bar), mas pode entrar de novo na próxima jogada do jogador que a controla. Na verdade, um jogador que tem peças capturadas não pode mover nenhuma outra peça enquanto suas peças capturadas não voltarem para o tabuleiro. Se, com seus resultados, ele não conseguir voltar uma peça capturada para o tabuleiro, simplesmente não joga. Peças capturadas, evidentemente, entram no tabuleiro pelo setor inicial do jogador, e têm que andar o tabuleiro todo de novo.

Uma vez que todas as peças de um jogador estejam em seu setor final, ele poderá começar a retirá-las do tabuleiro. Ele só poderá mover suas peças se tirar um resultado igual ou menor que o suficiente para retirar a peça - e não basta parar na última casa, tem que sair mesmo do tabuleiro. Desta forma, se uma peça está na antepenúltima casa, ela sairá do tabuleiro com um 3, poderá ir para a penúltima casa com um 1, ou para a última com um 2, mas o jogador não poderá retirá-la com um 4, 5 ou 6, devendo passar a vez se não tiver peças nas casas correspondentes.

Quem tirar todas as suas peças do tabuleiro primeiro, ganha o jogo. Em torneios, cada vitória vale 1 ponto. Se o outro jogador não tiver conseguido retirar nenhuma de suas peças do tabuleiro, a vitória vale 2 pontos, e se ele tiver uma peça capturada ou no setor inicial do vencedor, 3 pontos.

Viram? Gamão não é nada difícil, e é divertidíssimo. Minha única tristeza é que, depois que eu ensinei esse jogo pra minha namorada, nunca mais ganhei. Ela dá uma sorte danada!

0 enfiaram o nariz:

Postar um comentário